Santos tem contrato com patrocinador rescindido por contratar Robinho

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Foto: Divulgação/Santos

O Santos não consultou nenhum patrocinador sobre a contratação de Robinho, que tem condenação sexual na Itália por abuso sexual coletivo contra uma jovem albanesa. E isso gerou muita polêmica em seu retorno ao Brasil.

Com isso, o atacante passa a ser associado a essas marcas que são estampandas na camisa do clube. Dessa forma, a Orthopride, rede de franquias da área de ordontia estética, optou em romper contrato com o alvinegro, vínculo que iria até fevereiro de 2021.

“Nós temos enorme respeito pela história do Santos. Mas neste momento decidimos pelo rompimento do contrato de patrocínio. Nosso público é majoritariamente feminino e, em respeito às mulheres que consomem nossos produtos, tivemos que tomar essa decisão. Queremos deixar claro que não fomos informados previamente sobre a contratação do Robinho, fomos pegos de surpresa pela imprensa no fim de semana”, disse Richard Adam, diretor de operações da empresa.

Esse foi o primeiro patrocínio a romper com o Santos, pelo fato de ter contratado Robinho e sequer contata-los sobre a negociação. O clube teme que mais empresas quebrem contrato por essa situação. Os advogados do atacante divulgaram uma nota oficial nessa semana afirmando que Robinho deve ser considerado inocente.

Quer receber notícias toda hora?

Baixe agora o App do Camillo Joga10! Disponível para Android e iOS.