Quem mais jogou? Qual foi o jogador que mais fez gols? Veja os números do Palmeiras de Luxemburgo em 2020

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Chegou ao fim a quinta passagem de Vanderlei Luxemburgo à frente do Palmeiras. A diretoria alviverde não conseguiu lidar com a pressão após três derrotas consecutivas e optou em demitir o técnico mais vencedor da história do clube, horas depois do revés para o Coritiba por 3 a 1, em pleno Allianz Parque.

Luxemburgo, no entanto, não parece ter concordado com a demissão, uma vez que citou, em um vídeo de despedida, a conquista do torneio de pré-temporada na Florida Cup e o Campeonato Paulista, diante do rival Corinthians, além dos resultados entregues, chegando até 20 jogos de invencibilidade, até a derrota para o Botafogo.

O presidente Mauricio Galiotte, em coletiva de imprensa, destacou que a decisão foi tomada pelo fato da equipe, em campo, não entregar o que é esperado, embora reconheça a reformulação pela qual o clube enfrenta. Por fim, reforçou que irá atrás de um técnico com estilo claro de jogo, ofensivo, de um futebol vistoso.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Após os reveses no Allianz Parque, para São Paulo e Coritiba, muito se questionou a forma conduzida pelos jogadores em campo, aparentemente entregues, sem esboçar nenhuma reação. Em meio a idas e vindas, Vanderlei deixou claro quais foram seus homens de confiança no elenco. Mas não chegou a encontrar o meia armador da equipe.

Dudu chegou a fazer essa função, antes da paralisação, formando um quarteto ofensivo com Rony, Willian Bigode e Luiz Adriano. Porém, com a saída do camisa 7, a equipe voltou a buscar alternativas com os jogadores da posição de origem.

Lucas Lima foi disparado quem mais recebeu oportunidades, disputando 26 dos 36 jogos da equipe na temporada, acumulando 1.786 minutos em campo. Raphael Veiga foi o segundo, com 21 partidas, somando pouco mais de mil minutos. Enquanto Gustavo Scarpa, que ficou em muitas oportunidades no banco de reserva, disputou somente 17 jogos, na maioria das vezes saindo do banco. Dessa forma, esteve em campo em apenas 558 minutos sob comando de Luxemburgo.

Juntos, os três participaram diretamente de 10 gols dos 52 marcados pelo Verdão na temporada. Veiga marcou cinco, Scarpa e Lucas Lima um cada – além de três assistências, duas do camisa 20 e uma de Scarpa.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Willian Bigode foi o único jogador que disputou todos os 36 compromissos do Palmeiras com Luxemburgo. Mais próximo disso foi Weverton, com 33, que ficou de fora uma vez poupado e dois jogos com a seleção brasileira. Bigode também foi quem mais balançou as redes com 13 tentos, superando a artilharia de Luiz Adriano com 11.

Já se tratando de assistências, houve um empate triplo: Matías Viña, Willian Bigode e Wesley realizaram quatro assistências cada. Mas Rony é o garçom da equipe na Libertadores, com três passes para gol.

Enfim, embora Willian tenha disputado mais jogos, foi Weverton quem mais esteve em campo sob comando de Vanderlei Luxemburgo, com 3.217 minutos. Seguido de Gustavo Gómez, que somou 2.680 minutos, em 28 jogos. Fechando top-3, Willian Bigode foi o terceiro que mais foi utilizado pelo ex-técnico do Verdão durante essa terceira passagem, acumulando 2.443 minutos.

Assim como Roger Machado, Luxemburgo entregou o cargo com o clube já classificado na Libertadores, mas em 7º lugar no Campeonato Brasileiro. Ao contrário do técnico gaúcho, Vanderlei conquistou o título do Campeonato Paulista sobre o Corinthians, algo que certamente inferferiu no trabalho de Roger em 2017, por perder a final no Allianz Parque para o rival. 

Portanto, Vanderlei Luxemburgo encerra sua quinta passagem, e provavelmente a última no Palmeiras, após 36 jogos, com 17 vitórias, 14 empates e cinco derrotas, com um saldo de gols positivo, 25, mas com apenas 41.3% de aproveitamento contra times da Série A.

Confira os números:

Fonte: Thiago Lopes

*A minutagem dos jogadores em campo são somadas de acordo com todos os acréscimos das partidas e tempo exato da substituição*

Jogadores que não entraram em campo e Dudu, Victor Luis, Iván Angulo, Diogo Barbosa, Vitor Hugo e Bruno Henrique, todos negociados, não estão no gráfico.

Quer receber notícias toda hora?

Baixe agora o App do Camillo Joga10! Disponível para Android e iOS.