“Até pensei que não poderia mais jogar bola”, emociona-se Rodrigo Dourado após um ano sem entrar em campo

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Foto destaque: Ricardo Duarte / Internacional


Recuperado de grave lesão no joelho, o volante Rodrigo Dourado enfim pôde voltar a disputar uma partida. O jogador, que havia ficado mais de um ano fora dos gramados, participou da vitória do Internacional sobre o Sport por 5 a 3 nessa quarta-feira (14).

O camisa 13 entrou aos 23 minutos do segundo tempo no lugar do seu chará, Rodrigo Lindoso. Formado nas categorias de base do Colorado, o atleta de 26 anos tinha entrado em campo a última vez em 10 de julho de 2019, na vitória por 1 a 0 contra o Palmeiras.


Foto: Ricardo Duarte / Internacional


Durante um ano e três meses, ficou no processo de recuperação de duas cirurgias realizadas no joelho esquerdo.

“Muito feliz. Só eu e as pessoas próximas sabem o que eu passei e sofri. Passou muita coisa pela cabeça. Até pensei que não poderia mais jogar bola”, afirmou Dourado ao fim da partida.

Visivelmente emocionado, ele ainda agradeceu às pessoas que lhe ajudaram a retornar aos gramados: “O grupo sempre me acolheu e me apoiou.”

Com a vitória sobre o Leão da Ilha, o Colorado assumiu a vice-liderança do Brasileirão, com 31 pontos. “Um resultado importante para nós e agradecer a Deus. Sem ele, não estaria aqui”, completou o volante.

Como o Flamengo entra em campo nesta quinta-feira (15), o Inter pode perder uma posição. No domingo (18), encara o Vasco no Beira-Rio pela 17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Quer receber notícias toda hora?

Baixe agora o App do Camillo Joga10! Disponível para Android e iOS.