Após período conturbado, Inter de Abel volta aos trilhos e chega forte na disputa pelo título do Brasileirão

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional


Antes da chegada de Abel Braga, a torcida do Internacional estava mais do que satisfeita com a campanha da equipe que, até então, era comandada por Eduardo Coudet. Fazendo ótimas campanhas nas três competições e caminhando para um fim de temporada vencedor, não se passava pela cabeça dos colorados a possibilidade de uma troca de comando técnico.

Na Copa Libertadores, se classificou para as oitavas de final após finalizar a fase de grupos na segunda colocação do grupo E. Já pela Copa do Brasil, despachou o Atlético Goianiense e avançou para as quartas de final. Além disso, o time gaúcho se encontrava na liderança do Campeonato Brasileiro naquela ocasião. Ao todo, foram 46 jogos, 24 vitórias, 13 empates e 9 derrotas, com um aproveitamento de 61,5%.

Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional


A excelente campanha logo dispertou o interesse de clubes da Europa e Coudet acabou aceitando a proposta do Celta de Vigo, da Espanha. Após a saída do argentino, a diretoria do Inter agiu rapidamente e anunciou a contratação do técnico Abel Braga, sendo esta sua sétima passagem pelo clube.

Logo após a oficialização do novo comandante, a repercussão por parte dos torcedores não foi nada positiva, principalmente pelos insucessos de Abel nas últimas equipes onde esteve à frente. Pouco tempo após ter assumido a equipe, acabou sendo eliminado da Copa do Brasil pelo América-MG e da Libertadores pelo Boca Juniors, ambos nas penalidades. Para piorar, o Colorado caiu de rendimento no Campeonato Brasileiro e deixou a liderança. Em meio aos problemas, os torcedores pressionaram pela saída de Abel, mas a diretoria Colorada optou por dar mais tempo ao treinador para que o trabalho fosse implantado.

A virada de chave aconteceu na partida diante do Atlético Mineiro, na 24º rodada. Mesmo fora de casa, o Inter arrancou um empate por 2 a 2 diante do Galo que, na ocasião, ocupava a vice-liderança da competição. Desde então, percebeu-se uma mudança na postura dos atletas, que voltaram a demonstrar um futebol competitivo e, consequentemente, vencer as partidas. Nas últimas 5 rodadas, foram 5 vitórias, 9 gols marcados e apenas 2 gols sofridos.

Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional


A excelente sequência devolveu ao Internacional a 2º colocação na tabela e a esperança pelo título do Brasileirão. Agora, três pontos separam o Colorado do líder São Paulo, que foi derrotado nas últimas duas partidas e vive momento de oscilação. Restando 9 rodadas para o término do campeonato, a equipe gaúcha vai precisar seguir conquistando resultados positivos, seja dentro ou fora de casa, e torcer para que a má fase do Tricolor paulista dure por mais alguns jogos para que, depois de uma temporada onde criou-se muitas expectativas, o triunfo do Campeonato Brasileiro se torne uma realidade.

Quer receber notícias toda hora?

Baixe agora o App do Camillo Joga10! Disponível para Android e iOS.

Siga o Camillo Joga10!

Política de privacidade

feito por:

Times

Social

Times