Recuperado de lesões, Rojas volta a marcar um gol após dois anos e sete meses

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Foto: Divulgação/São Paulo

A goleada sobre a Inter de Limeira por 4 a 0 ficou marcada pela primeira vitória de Hernan Crespo à frente do São Paulo. Mas para Joao Rojas teve um gosto especial. Autor do último gol da partida, o equatoriano voltou a balançar as redes após quase dois anos e sete meses. 

Foi de pênalti, mas nada que diminua a superação de Rojas, que sofreu uma ruptura nos ligamentos do tendão patelar no joelho direito em 26 de outubro de 2018 durante uma partida contra o Vitória. Quando retornou as atividades, em agosto de 2019, voltou a sentir uma contusão no mesmo joelho – devido a uma ruptura no tendão quadricipital. 

Dessa forma, permaneceu fora dos gramados até 25 de novembro de 2020, quando foi relacionado pela primeira vez pelo técnico Fernando Diniz. Mas o atacante veio a disputar uma partida somente em 22 de fevereiro deste ano, quando participou de 14 minutos na derrota contra o Botafogo, pelo Brasileirão.

Imagem

Foto: Divulgação/São Paulo

Apesar dos problemas físicos do atacante, o Tricolor bancou a permanência do equatoriano com duas renovações de contrato, o último foi prorrogado até 30 de maio, com opção de ampliar por um prazo maior.

O último gol de Joao Rojas havia sido marcado em agosto de 2018, na vitória sobre o Vasco por 2 a 1, quando era titular absoluto sob o comando de Diego Aguirre.  De repente, o experiente atacante de 31 anos possa surgir como uma válvula de escape na equipe do Morumbi.

Quer receber dicas exclusivas para o Rei do Pitaco, com o melhor dos Estaduais, Libertadores, competições europeias e outras? Assine o Plano Camillo Joga10! 

Quer receber notícias toda hora?

Baixe agora o App do Camillo Joga10! Disponível para Android e iOS.

Siga o Camillo Joga10!

Política de privacidade

feito por:

Times

Social

Prováveis

Times