Pedido do Grêmio para anular partida diante do São Paulo é negado pelo STJD

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Foto destaque: Lucas Uebel/Grêmio

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) negou o pedido do Grêmio para anular o jogo contra o São Paulo, realizado no último sábado, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No entendimento do presidente do Tribunal, Otávio Noronha, não houve erro de direito no caso.

“O próprio requerente, em sua exordial, embora tenha esforçadamente tentado por vezes tangenciar e fazer parecer que não, acaba ao fim e ao cabo, por revelar que pretende, nesta via estreita, de fundamentação vinculada, discutir suposto erro de interpretação na aplicação de dois cartões vermelhos e da (não) marcação de duas penalidades máximas pela arbitragem, e não erro de direito”.

No entendimento gremista, houve erro em quatro lances considerados capitais, que resultariam em dois pênaltis a favor do time gaúcho e duas expulsões de jogadores do São Paulo.

Foto: Celso Pupo


A arbitragem do jogo esteve nas mãos de Rafael Traci, árbitro Fifa de Santa Catarina. Os auxiliares eram Henrique Neu Ribeiro e Helton Nunes.

Na terça-feira, o STJD também já havia indeferido pedido do próprio São Paulo para anular o jogo com o Atlético-MG.

Quer receber notícias toda hora?

Baixe agora o App do Camillo Joga10! Disponível para Android e iOS.

Times

Social

Times