Após derrota para o Santos, diretoria do Grêmio anuncia demissão do técnico Felipão

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Foto destaque: Lucas Uebel/Grêmio

Luiz Felipe Scolari não resistiu a mais uma derrota do Grêmio e foi demitido na madrugada desta segunda-feira. De acordo com nota publicada pelo clube gaúcho, a decisão foi tomada em comum acordo após a derrota para o Santos por 1 a 0, no domingo, na Vila Belmiro.

Ao final do jogo, Felipão chegou a reforçar a qualidade do trabalho realizado, mas, horas depois, o clube anunciou que encerraria o vínculo com o treinador.

Em entrevista coletiva após a derrota para o Santos na Vila Belmiro, o presidente Romildo Bolzan Júnior não havia garantido a manutenção de Luiz Felipe Scolari no cargo.

“Acabamos de fechar a roda no vestiário e cada um fez sua manifestação. É um ambiente de decepção, de todos nós. Por mais jornalístico que seja e que possa interessar, não é o momento de falar sobre isso (troca na comissão técnica). Não temos que falar sobre isso agora. Estamos doídos, machucados e tristes. Nestas horas se fica calado, se recolhe, e no dia seguinte se verifica o que se vai fazer”, afirmou Romildo.

Além do treinador, deixam o Grêmio os auxiliares Carlos Pracidelli e Paulo Turra e o preparador físico Anselmo Sbragia. O time será comandado interinamente pelo auxiliar Thiago Gomes na próxima quarta-feira, contra o Fortaleza.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Em passagens anteriores, Scolari chegou a ser campeão da Copa do Brasil, da Libertadores e da Recopa Sul-Americana. Ele deixará o clube como o segundo treinador com mais jogos no comando do Grêmio, com 385 partidas.

Tudo sobre Cartola FC e Rei do Pitaco na palma da sua mão, basta clicar e vir fazer parte com os melhores!

Quer receber notícias toda hora?

Baixe agora o App do Camillo Joga10! Disponível para Android e iOS.

Últimas notícias

Siga o Camillo Joga10!

Política de privacidade

feito por:

Times

Social

Prováveis

Times